Translate

Os Samurais


A seleção japonesa, para a Copa do Mundo deste ano, entra para o grupo de seleções que podem surpreender o histórico negativo de outrora. Com alguns jogadores excepcionais na parte técnica, como por exemplo Shinji Kagawa e Keisuke Honda, podem fazer boa campanha no torneio. O futebol japonês se caracteriza hoje pela troca de passes criativas e envolventes, e estarão sob comando do italiano Alberto Zaccheroni.

O país não correspondeu às expectativas ao estrear na Copa do Mundo de 1998, perdendo os três jogos da fase de grupos para Argentina, Croácia e Jamaica. Já na de 2002, organizada junto com a Coréia do Sul, marcou história ao vencer uma chave que tinha Rússia, Tunísia e Bélgica, avançando para as oitavas de final, caindo para a Turquia em placar mínimo, diante desta que terminou com o terceiro lugar do torneio.

Na Alemanha em 2006, não conseguiram manter o ímpeto e caíram na fase de grupos (Austrália, Brasil e Croácia) com apenas um ponto. Se redimiram em 2010, se classificando junto a Holanda para as oitavas novamente, deixando para trás Camarões e Dinamarca, porém, repetiu feito de 2002 e caiu nas oitavas de final para o Paraguai, decidindo a partida nos pênaltis (5x3), após empate sem gols.

Nas eliminatórias para a Copa do Mundo deste ano, os samurais foram progredindo jogo a jogo sob o comando do técnico Alberto Zaccheroni, obtiveram alguns tropeços ao longo do campeonato por não conseguirem assimilar a estratégia do italiano, chegaram a perder para Uzbequistão e Coréia do Norte. Terminada a fase transitória, os japoneses deram liga e conseguiram a classificação para a Copa de 2014.

Para tentar a classificação para as oitavas no Grupo C com Colômbia, Costa do Marfim e Grécia, a equipe vem formada com Keisuke Honda, assumindo como o líder natural do grupo após brilhar na Copa de 2010. Shinji Kagawa e Shinji Okazaki, este último, artilheiro do Japão no torneio continental, e Yasuhito Endo, especialista em bolas paradas. Alguns jogadores em miúdos:

Shinji Kagawa, 25, Manchester United


Meia veloz e camisa 10 da seleção, Kagawa é peça fundamental no esquema tático de Zaccheroni. Tem como função distribuir todo o jogo japonês junto com Honda, saindo do meio para os dois lados do campo. Possui passe excelente, ótima visão de jogo e controle de bola. Kagawa chegou ao Manchester United em junho de 2012 com números excelentes em seu ex-clube Borussia Dortmund, onde se destacou. Foram 45 jogos, 22 gols e 9 assistências, sendo fundamental na conquista do bicampeonato alemão (2010/2011 e 2011/2012). Em 2012 recebeu o prêmio de Jogador Asiático Internacional do Ano. Hoje mesmo não estando em alta no atual clube, ainda é considerado como um dos melhores jogadores japoneses de todos os tempos, e pode fazer a diferença no torneio.

Keisuke Honda, 27 anos, Milan 


Talento da atual geração e um dos principais nomes da história do futebol japonês, Honda é um dos grandes motivos para o seu país sonhar. É uma das peças mais importantes do elenco nipônico, tanto nas armações das jogadas como nas finalizações, sua habilidade em manter a posse de bola e
seus passes eficientes são um complemento perfeito para seus chutes de longa distância. Desde dezembro de 2013 no Milan, Honda não vem em ótima fase (não perto do que fez no CSKA Moscow), mas é fundamental para a seleção japonesa. O meia tem grande experiência, ainda mais por jogar pelo país desde 2008, e pode levar os samurais mais longe nesta edição da Copa do Mundo.

Shinji Okazaki, 28 anos, Stuttgart


Shinji Okazaki é o nome da fera. Típico centroavante de área, possui ótimo posicionamento e cabeceio, além também, do
faro de gol. É conhecido como uma "máquina de fazer gols" principalmente na seleção japonesa, com 38 gols em 73 jogos. Mesmo com uma estatura atípica para a posição (1,74m), é um jogador extremamente perigoso, sempre esperando um rebote ou cruzamento para marcar. Outro jogador que, com certeza, Zaccheroni não deixará de fora da equipe titular.


Provável escalação: Kawashima; Uchida, Morishige, Yoshida, Nagatomo; Endo, Hasebe; Kakitani, Honda, Kagawa; Okazaki. Formação: 4-2-3-1.


A seleção japonesa irá se classificar para as oitavas?
Sim, junto com a Costa do Marfim.
Sim, junto com a Grécia.
Sim, junto com a Colômbia.
Não.
Votar
resultado parcial...

terça-feira, 27 de maio de 2014
Posted by Valdir Ramos Pereira

A Seleção Ardente


A seleção da Croácia é, sem dúvidas, a que pode trazer maiores problemas para o Brasil na fase de grupos desta Copa do Mundo. Com um time que tem como base três jogadores em ótima fase na Europa e que podem estar facilmente na lista de reforços de qualquer um dos gigantes clubes europeus, os croatas entram como favoritos para a segunda vaga do grupo A, a primeira ficará, provavelmente, com a seleção verde-amarela.

O grupo A não pode ser considerado um dos mais difíceis da competição, tendo em vista um México questionado e Camarões que depende exclusivamente de um jogador, a Croácia possui um elenco melhor e deve passar pelos dois adversários.

A campanha dos Ardentes nas eliminatórias para a Copa foi: 10 jogos, 5 vitórias, 2 empates e 3 derrotas, com um aproveitamento de 60% em casa e 53% fora. Ficou em segundo no seu grupo, tendo que jogar a repescagem contra a seleção da Islândia, a classificação veio com um empate fora e uma vitória tranquila por 2 a 0 em Zagreb.

A melhor participação em Mundiais fora justamente a primeira, em 1998 na França, onde os croatas perderam na semifinal para os anfitriões por 2 a 1. Além desta, ainda participaram das de 2002 e 2006, mas não conseguiram passar para a segunda fase.

O xadrez é uma verdadeira paixão do povo croata e por isso está presente no uniforme de sua seleção e no brasão do país, existem algumas histórias sobre o porque deste simbolo, uma delas é que a população é dividida em duas etnias, os croatas brancos e os vermelhos. Outra razão poderia ser graças a uma flor muito comum na região da Europa em que encontra-se na Croácia, a Fritillaria montana, que possui as pétalas quadriculadas.

A seguir os destaques da seleção croata:

Luka Modrić, 28 anos, Real Madrid

Considerado titular absoluto do meio campo de um dos melhores elencos do mundo, o poderoso Real Madrid, Modrić chega a copa com o status de craque croata, podendo atuar como um volante que arma a jogada desde o inicio, como faz em seu clube, ou até como um clássico camisa 10, como faz na seleção, é o que podemos considerar um jogador moderno. Suas principais características são os passes e enfiadas de bola, além de um chute de fora da área altamente preciso.

Ivan Rakitić, 26 anos, Sevilla

Suíço de nascimento, mas croata por opção, Rakitić é uma das revelações da temporada, pela sua liderança e habilidade dentro de campo durante a conquista do Sevilla na Liga Europa, segundo maior torneio de clubes europeus. Joga como meia-atacante, mas assim como Modrić pode jogar mais recuado. Destaque no Basel em 2007, foi contratado pelo Schalke 04 e hoje defende o time da Andaluzia, sendo capitão e principal armador do time.

Mario Mandžukić, 28 anos, Bayern de Munique

Destaque da Euro-12, Mandžukić chamou atenção do grande Bayern de Munique, que amargava uma temporada em que havia conseguido um tri vice, ficando em segundo lugar na Bundesliga e perdendo as finais da Copa da Alemanha e da UEFA Champions League jogando em casa. Com um incrível faro de gols, Mandžukić logo tirou a titularidade de Mario Gómez e conquistou com o Bayern a tríplice coroa logo em seu primeiro ano de clube, sendo campeão dos três torneios mais importantes da temporada.


A Croácia avança para as oitavas?
Sim.
Não.
Votar
resultado parcial...



segunda-feira, 26 de maio de 2014
Posted by Ivo Fabrício S. de Moraes

Os Diabos Vermelhos


A seleção da Bélgica está no grupo H da Copa do Mundo da FIFA de 2014 onde disputará a vaga para as oitavas de final contra Argélia, Rússia e Coréia do Sul. A primeira partida da seleção belga fora disputada no dia 1º de maio de 1904, em empate por 3 a 3 contra a França. De início, a equipe contou com ajuda de alguns jogadores ingleses, fazendo com que estas partidas não fossem consideradas oficiais. 

O apelido Os Diabos Vermelhos surgiu após uma vitória sobre sua maior rival, Holanda, na época Países Baixos, por 3 a 2, em Roterdã. Dos onze mundiais que os belgas participaram, a melhor classificação fora em 1986 no México, quando perdeu a decisão de 3º lugar para a França por 4x2 na prorrogação. Na Eurocopa, sua melhor participação fora o vice campeonato em 1980, perdendo a final para a Alemanha Ocidental, 2º título dos alemães na época. Os belgas sustentam um título tão almejado pelos brasileiros, a medalha de ouro das Olimpíadas de 1920, título este ganho em cima da Tchecoslováquia.

Aliás, fato curioso desta final das Olimpíadas de 1920 na Antuérpia, segunda maior cidade da Bélgica. Nesta época, como estava ocorrendo a 1º Guerra Mundial, a Bélgica e a Tchecoslováquia começaram o duelo antes mesmo de entrar em campo, quando os anfitriões acusaram os adversários de serem um dos causadores do começo da guerra, assim, os belgas entraram mordidos em campo, com sede de ódio e vingança para com o país que causou o estopim da guerra mundial. 

Com a Bélgica já ganhando por 2 a 0, um deles de pênalti, o árbitro, após dura falta de Steiner em cima da estrela belga, Coppée, acabara mostrando cartão vermelho para o jogador tcheco aos 43 minutos do primeiro tempo, fazendo com que os adversários se irritassem profundamente, ao ponto do capitão do time Karel Pesek, meia criativo da equipe, sair de campo e desistir da partida. O curioso é que os outros jogadores da equipe fizeram o mesmo. Ou seja? Partida cancelada, vitória belga.


A Bélgica após ser eliminada pelo Brasil de Rivaldo e Ronaldo de 2002, ficou fora das últimas duas Copas, porém, vem com força para esse Mundial de 2014. Considerada por muitos a seleção sensação nas Eliminatórias, os Diabos Vermelhos terminaram em 1º lugar no Grupo A da Europa, permanecendo invicta por dez jogos (oito vitórias e dois empates)!

Além disso, o grande número de adeptos por essa seleção se dá pelo seu elenco recheado de jogadores de alto nível técnico onde representam grandes clubes da Europa, como Nacer Chadli, Mousa Dembélé e Jan Vertonghen ambos do Tottenham Hotspur da Inglaterra, Dries Mertens do SSC Napoli da Itália, Marouane Fellaini do Manchester United da Inglaterra, entre outros. Seleção esta, que a média de idade é de 24 anos.

Mas conheçam os que despertaram maior brilho nessa última temporada em seus respectivos clubes:

Eden Hazard, 23 anos, Chelsea

Hazard fez ótima temporada pelo Chelsea, com 16 gols e 7 assistências, ganhou o prêmio de jogador revelação da Barclays Premier League, prêmio visto com bons olhos para muitos amantes do futebol europeu. O belga é excelente nos dribles, possuí bom controle de bola e ótimos passes, é comparado com Reus e Neymar, ambos da mesma posição.






Thibaut Nicolas Marc Courtois, 22 anos, Atlético Madrid

Também conhecido como o "Monstro de Flandres". Atualmente, joga pelo Atlético de Madrid como goleiro. Courtois fez uma campanha brilhante, atual campeão espanhol sendo o melhor goleiro da liga Espanhola e  finalista da UEFA Champions League atuando em favor do Atlético de Madrid. Courtois o menos vazado do Espanhol, sofrera 26 gols em 38 partidas, média de 0,65 por partida. 





Vincent Kompany, 28 anos, Manchester City

Atua como zagueiro no Manchester City atual campeão inglês 2013-2014. Kompany foi eleito o melhor jogador da Premier League de 2011-2012, sendo escalado por três anos seguidos na melhor equipe  do ano pela PFA (Associação de Futebolistas Profissionais, da Inglaterra).

Provável escalação: Courtois; Alderweireld, Kompany, Vermaelen, Vertonghen; Fellaini, Witsel; De Bruyne, Mirallas, Hazard; Lukaku. Formação: 4-2-3-1.


Para você, a Bélgica chegará forte para a Copa?
Sim.
Não.
Não, muito individualismo, o importante é o grupo.
Votar
resultado parcial...

sexta-feira, 23 de maio de 2014
Posted by PplRobert

Seleção das Quinas

A seleção de Portugal está no grupo G da Copa do Mundo juntamente com Alemanha, Gana e Estados Unidos. Este grupo trará o reencontro entre os lusos e os alemães, que disputaram o terceiro lugar da Copa de 2006, onde os alemães levaram a melhor vencendo por 3 a 1.

Com uma boa campanha nas eliminatórias, com oito vitórias, três empates e apenas uma derrota, os portugueses tiveram um aproveitamento de 77,7% jogando em casa, e 72,2% fora de casa. Cristiano Ronaldo foi o artilheiro com 8 gols.

O técnico da seleção, Paulo Bento, montou um bom elenco para disputar o Mundial no Brasil. Cristiano Ronaldo, é claro, lidera a lista, que também conta com Pepe, zagueiro nascido no Brasil e companheiro de CR7 no Real Madrid. O atacante, eleito melhor do mundo de 2013 pela FIFA, se tornará, ao lado do zagueiro Ricardo Costa, os primeiros portugueses a disputarem três Copas.

Três portugueses que atuam no Real Madrid merecem destaque, são eles:

Pepe

Zagueiro com fama de "mal educado", por gostar de discutir em campo, e violento, o brasileiro naturalizado português Pepe está fazendo uma grande temporada pelo Real Madrid. Segundo contas feitas pelo jornal As, ele é o atleta que menos comete faltas na equipe merengue, e é muito menos advertido até do que jogadores como Daniel Alves, do Barcelona, e Diego Costa, do Atlético de Madrid. Vivendo essa grande fase no futebol espanhol, tem como missão, ao lado de Bruno Alves, João Pereira e Fábio Coentrão, defender a seleção neste Mundial.

 Fábio Coentrão


Lateral esquerdo, Fábio Coentrão "roubou" o lugar de Marcelo no Real e tem feito grandes exibições, como as rubricadas nos dois jogos frente ao atual campeão europeu, Bayern de Munique. Tem feito ótimas partidas pela seleção portuguesa também, e tem grandes chances de fazer uma boa Copa do Mundo.

Cristiano Ronaldo

O português dispensa apresentações. Autor de dois dos quatro gols merengues em Munique recentemente, pela semi final da Champions League, o melhor jogador do mundo bateu o recorde de gols na Champions numa só edição, onde leva 16 tentos apontados. No próximo sábado, dia 24, disputará, juntamente com Pepe e Fábio Coentrão, a final da competição, contra o Atlético de Madrid.
Já para esta Copa do Mundo, o craque vem confiante, disposto a fazer uma ótima competição. "Brasil, aí vamos nós! #ForçaPortugal", publicou o português na sua conta pessoal do Twitter, junto a uma foto, onde aparece comemorando a presença de seu nome no telão após a divulgação da lista de Paulo Bento. Com certeza é a principal arma da seleção Portuguesa para esta Copa.

Provável escalação:

Rui Patrício; João Pereira; Bruno Alves, Pepe, Fábio Coentrão; João Moutinho, Miguel Veloso, Raul Meireles; Nani, Cristiano Ronaldo, Helder Postiga. 
Formação: 4-3-3



Para vocês, Portugal tem chances de chegar em que fase da Copa do Mundo 2014?
Não passa da fase de grupos.
Oitavas.
Quartas.
Semi.
Final.
Vai ser campeão!
Votar
resultado parcial...

quinta-feira, 22 de maio de 2014
Posted by William Plinio

Os Elefantes


Diferentemente da Inglaterra, apresentada anteriormente, a Costa do Marfim tem uma história curta quando o assunto é Copa do Mundo. Por mais que atualmente sejam vistos como uma das seleções mais talentosas do continente africano, os marfinenses sempre tiveram dificuldades em se classificar para a competição, conquistando sua primeira participação apenas na Copa da Alemanha (2006).
A barreira marfinense salta na tentativa de atrapalhar
a cobrança de falta do holandês Robin Van Persie.
Copa de 2006 - Em sua estreia, os africanos não começaram com o pé direito, tendo uma campanha discreta com apenas três pontos, onde marcaram cinco gols e sofreram seis, terminando com saldo de um negativo. Todavia, vale a pena ressaltar que um dos fatores motivadores dessa campanha pífia fora o fato da Costa do Marfim cair no chamado "Grupo da Morte", que possuía Holanda, Argentina e Sérvia como membros. Na disputa pela classificação para a segunda fase, Argentina e Holanda sobraram e se classificaram invictas com sete pontos (lembrando que a Argentina se classificou em primeiro lugar por possuir saldo de gols de sete contra dois dos holandeses), deixando a Costa do Marfim e a Servia para trás, tendo em vista que a última não somou nem sequer um ponto.

Copa de 2010 - A Copa é outra, todavia a história se repete e a Costa do Marfim cai novamente no ''Grupo da Morte'', dessa vez formado por Brasil, Portugal e Coréia do Norte. No primeiro confronto os marfinenses conquistaram um resultado tido como razoável, devido ao fato de empatarem por zero a zero com Portugal de Cristiano Ronaldo e cia, que juntamente com o Brasil eram os favoritos para as duas vagas. No segundo jogo, a camisa pesou e o favoritismo prevaleceu, vitoria por três a um dos brasileiros sobre os africanos, reduzindo a chance de classificação da Costa do Marfim, tendo em vista que na outra partida que fechava a rodada no grupo, Portugal dizimou o time dos norte coreanos por sete gols a zero. Os marfinenses fecharam sua participação com uma vitória por três a zero contra a fraca seleção da Coréia do Norte, porém acabou sendo irrelevante, pois no outro jogo do grupo Brasil e Portugal, empataram por zero a zero, eliminando os africanos que torciam por uma vitória dos brasileiros por pelo menos sete gols de diferença.

Para essa Copa, a Costa do Marfim pegou um caminho privilegiado se pegarmos as outras edições como comparativo, sendo o grupo formado por Grécia, Colombia e Japão. Acredito que dessa vez os marfinenses entram como favoritos, principalmente pela sua poderosa trinca de atacantes formada por Salomon Kalou (Lille - França), Gervinho (AS Roma - Itália) e Didier Drogba (Galatasaray - Turquia), e o forte meio-campo que tem como motor os volantes Cheick Tioté (Newcastle United - Inglaterra) e Yaya Touré (Manchester City - Inglaterra). Dentre estes jogadores citados anteriormente, dois exigem uma maior atenção:

Didier Drogba



Antes de mais nada é necessário lembrar que o Drogba de hoje não é o mesmo de outrora, o que fora artilheiro da Premier League de 2009/2010 com 29 gols, todavia o atacante marfinense continua sendo um especialista dentro da pequena área, tendo como ponto fonte a finalização tanto no ar como em solo, sem mencionar sua força surreal. Por esses motivos Drogba é um jogador que merece uma atenção especial.


Yaya Touré



Yaya é sem sombra de dúvidas a maior esperança dos africanos, o cérebro do time, tal status se deve pelos monstruosos números postados pelo volante do Manchester City (Campeão da Premier League 2013/2014), 20 gols e 9 assistências, números exorbitantes para um meio campista que não possui função única de atacar. Para muitos Yaya é o melhor meio campista da atualidade, por isso é um cara que deve ser acompanhado de perto nessa edição da Copa do Mundo.

Provável escalação: Barry; Boka, Bamba, K. Touré, Zokora; Tioté, Gosso, Y. Touré; Gervinho, Drogba, Kalou.


O retrospecto da Costa do Marfim será mantido ou as estrelas do time vão fazer a diferença?
Será mantido.
Não, Yaya e Drogba vão fazer a diferença.
Votar
resultado parcial...

quarta-feira, 21 de maio de 2014
Posted by Ramiro Dias

Os Três Leões



O país que inventou o futebol precisa reencontrá-lo, essa é a fase - e o dilema - da seleção da Inglaterra. Este ano, os ingleses irão jogar sua 14ª Copa do Mundo, sendo que nesta, estarão correndo por fora. 

A Inglaterra disputou 59 jogos em Mundiais, sendo 26 vitórias, 19 empates e 14 derrotas, 77 gols pró e 52 contra. Fora campeã apenas uma vez - em 1966 -, esta especial, já que conquistaram em seu próprio país. A final até hoje causa lembranças não muito boas para os alemães, já que os mesmos amargaram uma derrota na prorrogação, após empate em 2 a 2 no tempo inicial, com gols de George Hurst (18') e Martin Peters (78') para o lado inglês e Helmut Haller (12') e Wolfgang Weber (89') para os alemães.

Segundo gol de Hurst causa polêmica até hoje.
George Hurst confirmou seu hat-trick marcando mais dois gols na prorrogação, aos 101' - este gol da prorrogação gerou grande controvérsia, provocando dúvidas em saber se a bola passou ou não da linha do gol e 120'. Além do mais, este título inglês ficou marcado, também, por suspeitas de favorecimento de arbitragem.

Que seja, hoje, com uma seleção repaginada de novos jogadores por Roy Hodgson, deixando de lado até um dos jogadores mais regulares da história da seleção, Ashley Cole. A Inglaterra aposta, e espera que seus jovens talentos possam brilhar. E quais são as apostas da Inglaterra para a Copa do Mundo 2014?

Luke Shaw, 18 anos, Southampton 

Sim, 18 anos. E ainda, se concretizar acordo com o Manchester United, pode ser a contratação mais cara da história para um lateral, cerca de £30 milhões (R$111,3 milhões) - superando a contratação de Daniel Alves para o Barcelona por £29 milhões - e também, pode ser o jovem mais bem pago da história do futebol inglês, £100 mil (R$ 371 mil) por semana. E sim, o rapaz jogou muito nessa temporada, foi, junto com o Lallana, os principais nomes do Southampton, este, também, fora convocado para a seleção inglesa.


Daniel Sturridge, 24 anos, Liverpool

Ele faz parte do ataque brutal da temporada 2013-2014 do Liverpool. Sturridge, vice-artilheiro do Campeonato Inglês com 21 gols e 7 assistências em 31 partidas, foi peça fundamental,
junto com Suárez, para a excelente campanha do time que alcançou 84 pontos e incríveis 101 gols. Sturridge é alto, ótimo driblador, chuta bem de fora da área e velocista, um ótimo camisa 9 para os ingleses.




Wayne Rooney, 28 anos, Manchester United



Rooney fez uma temporada excelente no Manchester United -
19 gols e 15 assistências -, apesar da campanha pífia do time neste ano. O mesmo é a arma principal para o sucesso da Inglaterra, sendo o 5º maior artilheiro da história da seleção com 38 gols - 11 atrás de Bobby Charlton - e o 3º maior artilheiro da história do Manchester United com 216 gols - 33 a menos, também, de Bobby Charlton - diante de tudo isso, ele, com certeza, é a arma para os inventores do futebol.


O video abaixo é um dos gols mais bonitos do ano no futebol inglês, dos pés do camisa 10 da seleção inglesa.


Provável escalação: Hart; Johnson, Cahill, Jones, Baines; Gerrard, Lampard; Sterling, Rooney, Welbeck; Sturridge. Formação: 4-2-3-1.

A Inglaterra está no Grupo D, o chamado Grupo da Morte, com mais duas seleções campeãs mundiais, Itália e Uruguai. E a Costa Rica para atrapalhar a classificação, se possível. E você, considera a Inglaterra uma seleção forte? Ela se classifica para as oitavas? Vote!




A Inglaterra se classifica para as oitavas?
Sim.
Não.
Votar
resultado parcial...

terça-feira, 20 de maio de 2014
Posted by Valdir Ramos Pereira

Voltamos!



É com muito prazer que anuncio a volta do site. Fechamos uma equipe mais organizada, e esperamos fazer o nosso melhor para vocês! Estávamos com saudades.

Faltam 23 dias para a Copa do Mundo e iremos lançar dia a dia um resumo sobre as principais seleções, tais como seus jogadores, para vocês ficarem por dentro e então, arriscar um bolão com a família.

Após a Copa do Mundo, acompanharemos cinco campeonatos, de início, Bundesliga, BBVA, Barclays, Serie A e o Brasileirão. Ao longo do tempo, iremos aumentar nossa cobertura, iremos fazer nosso melhor neste retorno.

Equipe Futebol em Miúdos.
segunda-feira, 19 de maio de 2014
Posted by Valdir Ramos Pereira

Mercado da Bola

Felipe Anderson

Meia santista está prestes a se despedir do futebol brasileiro e da torcida da Baixada. Lazio, da Itália, que na última janela não conseguiu negociar o jogador com o clube brasileiro, hoje recebe sinal verde do Santos. O clube aceitou o valor pedido pelos italianos, R$ 22 mi, no caso 11 milhões de reais para o cofre santista, já que detém 50% dos direitos econômicos do jogador.

Isco

Destaque da última temporada do Málaga, o meia Isco diz não a proposta do Real Madrid e assinará com o City nessa janela, novos ares, só que não.. a decisão se dá por conta de que irá trabalhar com o mesmo técnico, já que Pellegrini comandou a equipe espanhola nesta última temporada, e ocupará o lugar que já foi de Roberto Mancini no banco do Manchester City. O acordo beira 25 milhões de euros, ou R$ 73,5 milhões, e deve ser oficializado nos próximos dias, como diz o jornal El Confidencial, da Espanha.

Higuaín

O argentino pode estar indo para um clube inglês, um tal de Arsenal, por 22 milhões de libras. O clube e o jogador teriam entrado em acordo junto com Arsène Wenger, técnico da equipe inglesa que promoveu as duas reuniões para a contratação do atacante. Higuaín pode ser tornar o jogador mais bem pago da história do clube, receberá cerca de 130 mil libras semanais, o jogador tem 25 anos e está no Real Madrid desde 2007. O jornal inglês Daily Mirror publicou que o clube espanhol não será entrave para a negociação, já que não pretendem seguir com o atleta no elenco para a próxima temporada.

quinta-feira, 20 de junho de 2013
Posted by Valdir Ramos Pereira

Mano acerta com o Flamengo


Mano Menezes que comandou a Seleção Brasileira até o ano passado, acerta com o Flamengo até o final de 2014. Depois de rumores e também de conversas reais entre os dirigentes da equipe carioca, sobre salários, composição da equipe técnica, entram enfim em um consenso e vai assumir o clube.

Mano chega com o auxiliar técnico Sidnei Lobo, com quem trabalha desde 2004. O técnico que esteve à frente da Seleção durante dois anos, tem em seu currículo grandes trajetórias. Como quando comandou o Grêmio da Série B do Brasileirão para a elite do futebol nacional em 2005. Foi bicampeão gaúcho em 2006 e 2007 e levou o clube tricolor às finais da Libertadores também em 2007.

No Corinthians não foi muito diferente, entrou no clube quando a equipe paulista estava na segunda divisão do Brasileirão, e venceu novamente a Série B em 2008, e no ano seguinte, levou o Paulista e a Copa do Brasil.

Do Corinthians à Seleção Brasileira. Mano estava no auge e o chamaram para reformular a Amarelinha, conseguiu duas conquistas, sendo os dois Superclássicos das Américas (2011 e 2012). Fora isso, teve fraco desempenho contra seleções de alto nível e acabou sendo demitido.

O Flamengo aposta suas fichas em Mano, para enfim, ser o maior do Brasil além da torcida.
quinta-feira, 13 de junho de 2013
Posted by Valdir Ramos Pereira

Curta nossa page no Face!

Postagens Populares

Futebol Em Miúdos. Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Futebol Em Miúdos -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -